Canal de Entretenimento, filmes, lançamentos, trailers de cinema, notícias, trailers de jogos, programas de televisão, jogos pc, xbox, playstation.

Ticketmaster e Live Nation querem substituir ingressos físicos por sistema de reconhecimento facial

0

Há um mês, o Portal ROCKline noticiou o caso de uma fã do Radiohead que viajou 2 mil quilômetros até a Argentina para ver o show da banda, mas que esqueceu o ingresso em casa. Por sorte, a história tornou-se um viral e uma das empresas organizadoras ofereceu as entradas à jovem. Pode ser que no futuro não precisemos mais noticiar casos como este. A gente explica:

As gigantes norte-americanas Ticketmaster e Live Nation anunciaram um investimento na empresa Blink Identity, que desenvolveu uma tecnologia que permite o reconhecimento facial em apenas meio segundo, ainda que esta pessoa não olhe diretamente para a câmera, por exemplo. Ambas estão de olho no futuro e estimam que os ingressos físicos utilizados para entrar num determinado show possam ser substituídos por esta tecnologia.

Na mesma semana em que anunciou a compra do Rock In Rio, a Live Nation, empresa controladora da Ticketmaster, soltou o seguinte comunicado sobre seus eventos futuros: “Continuaremos investindo em novas tecnologias para diferenciar ainda mais o Ticketmaster de outras empresas do setor de bilheteria. A ideia é associar seu ticket digital à sua imagem, e então simplesmente entrar no show”, declarou Michael Rapino, CEO da Live Nation.

O sistema desenvolvido pela Blink Identity seria semelhante ao já usado pela polícia chinesa no reconhecimento de suspeitos de crimes. No país, até o momento, o resultado tem sido positivo. A primeira prisão de um suspeito aconteceu em abril e em meio a 60 mil pessoas. Entretanto, a tecnologia ainda não é precisa para identificar nuances de etnias e apresenta riscos à privacidade, podendo causar erros por se tratar de algo ainda em desenvolvimento.

“Os dados de reconhecimento facial são fáceis de serem coletados mas uma das maiores preocupações atualmente fica por conta do fato da identificação não ser precisa ao tentar diferenciar pessoas de peles mais escuras — o que, por si só, já causaria ainda mais discriminação na hora da detecção”, disse o comunicado da Electronic Frontier Foundation, uma organização sem fins lucrativos.

Pode ser que num futuro breve os ingressos físicos tornem-se apenas uma espécie de memorabilia

Fonte: Rockline

Comentários
Carregando...