Canal de Entretenimento, filmes, lançamentos, trailers de cinema, notícias, trailers de jogos, programas de televisão, jogos pc, xbox, playstation.

Entrevista: assistimos às gravações do novo clipe de Wanessa “Mulher Gato” e conversamos sobre liberdade e novos lançamentos

0

googletag.cmd.push(function() { googletag.display(‘div-gpt-ad-1503295411004-13’); });

googletag.cmd.push(function() { googletag.display(‘div-gpt-ad-1503295411004-33’); });

Desde que Wanessa deixou de lado as batidas mais frenéticas da música pop, existe um desejo e uma espera de seus fãs por uma possível volta à esta fase. Especialmente por ter sido ela uma das primeiras representantes do gênero no país. A parte boa é que parece que esse momento está chegando e tudo indica que a vontade dos fãs é também a vontade da cantora. Numa retomada aos ritmos que lhe encantam e a tudo que lhe faz se sentir livre como artista e como mulher, Wanessa lançará em breve o seu novo single e avisa que tem um planejamento extenso para os próximos meses. O título da música ela dá em primeira mão para o POPline: “Mulher Gato”.

googletag.cmd.push(function() { googletag.display(‘div-gpt-ad-1503295411004-15’); });

googletag.cmd.push(function() { googletag.display(‘div-gpt-ad-1503295411004-34’); });

Minutos antes de dar início às gravações de seu novo clipe, Wanessa conversou conosco de peito aberto falou sobre como se sente neste momento, sobre o desenrolar de sua carreira e o que pretende fazer a partir de agora. Logo de cara, ela falou um pouco sobre sua trajetória no mercado fonográfico e como sua visão sobre “ser cantora” mudou ao longo do tempo.

“Comecei muito nova e todos os processos que passei na minha vida refletiram em meu trabalho e tudo o que passei no meu trabalho refletiu na minha vida, então não dá para separar Wanessa pessoa física da Wanessa artista. Quando comecei, eu achava lindo cantar, achava mágico, muito divertido. Hoje vejo de uma maneira diferente, não deixa de ser divertido, mas é uma missão em minha vida, é o ofício que eu escolhi e que deve ser levado muito a sério, já que este é um presente gigante, poder tocar as pessoas, e a gente só compreende isso com o tempo.”

Aos 35 anos, Wanessa demonstra estar decidida e empenhada em fazer o que gosta e o que lhe dá prazer, apenas. Sem se importar com números, que não deixam de ser um desejo, ela pretende seguir adiante baseada em seus sonhos e suas vontades. Sentindo-se livre mais uma vez, Wanessa parece estar em um momento onde ela é mais autêntica e sincera consigo mesma e com seu público. “A maneira com a qual vou mostrar o meu trabalho para as pessoas é algo muito importante para mim. Com tudo que já passei, de momentos bons e não tão bons, de pessoas que trouxeram coisas boas e as que não trouxeram coisas boas, hoje me vejo em uma posição na qual eu nunca me vi. Uma mulher que é mãe, filha, irmã, parceira, amiga, que canta e quer fazer de seu trabalho algo relevante. Só quero isso.”

googletag.cmd.push(function() { googletag.display(‘div-gpt-ad-1503295411004-16’); });

googletag.cmd.push(function() { googletag.display(‘div-gpt-ad-1506624692193-35’); });

“O que vem depois, o sucesso e os números, eu me desapeguei disso. Não que eu não queira, mas isso não é mais um foco. Com isso, minha carreira se tornou algo muito mais divertido e muito mais gostoso de fazer. Eu escolhi ser feliz e minha carreira faz parte disso. Quando falo em felicidade na minha carreira, estou falando de acreditar no que estou cantando e saber que fiz algo que tocou a vida das pessoas e que me dá orgulho. Isso é o mais importante.”

googletag.cmd.push(function() { googletag.display(‘div-gpt-ad-1503295411004-17’); });

googletag.cmd.push(function() { googletag.display(‘div-gpt-ad-1503295411004-36’); });

Em um vídeo monólogo publicado há alguns meses, Wanessa afirmou repetidamente que muitas vezes em sua vida se sentiu aprisionada e que agora pode experimentar o sabor da liberdade. Em nossa conversa, ela voltou a falar sobre essas questões e como isto influencia diretamente suas novas escolhas. “O ser-humano é aprisionado. Em vários momentos fazemos coisas para agradar outras pessoas e que não é necessariamente o que você está sentindo e o que você precisa fazer para você, para ser sincera e verdadeira. Então, acredito que estamos sempre aprisionados, em coisas pequenas ou em coisas maiores e as maiores são as mais perigosas, porque são as que não lhe deixam mais respirar, as que tiram a sua voz. Essas são as mais problemáticas, porém a gente deixa isso acontecer. Às vezes estamos falando o discurso de outro como se fosse o nosso. Isso aconteceu comigo e talvez aconteça de novo, mas por enquanto é libertador descobrir que, mesmo errando e não dando certo, preciso dizer o que acredito.”

“Hoje me sinto livre, principalmente por conseguir dizer não, que é o mais difícil. Hoje tenho liberdade de me expressar artisticamente sem preocupação. Poder dizer ‘não quero mais isso, quero aquilo’ foi libertador e vou seguir neste caminho. Quem acreditar nisso está comigo, que não quiser beijo tchau.”

Para dar início a sua nova caminhada, Wanessa escolheu “Mulher Gato” como seu cartão de visitas. O single é cantado em português e resgata antigas influências que nortearam sucessos como “Amor, Amor”. A música é dançante e já ganhou videoclipe. Sobre a faixa de letra ousada, ela disse: “A primeira vez que ouvi esse single, estranhei muito. Pensei ‘nossa, coisas abusadas’ haha Achei as metáforas muito divertidas! Fiquei com essa música na minha cabeça e estava em um momento de transição, saída de um escritório e volta para um outro, momento de retomar tudo isso… Então acho esta música cumpre um papel muito importante para mim, que é voltar e ter um discurso que eu gosto. Ela fala de uma mulher que sabe o que quer. Além disso tem uma sonoridade bacana, a latinidade, que é a minha paixão. É muito divertido poder trazer isso de volta! Mas o que mais me encanta nessa música é a letra, o sensual sem ser explícito, a brincadeira.”

Para o visual de “Mulher Gato”, a cantora fez uma parceria com a dupla de videomakers Os Primos, que já assinou clipes de Pabllo Vittar, Rouge e Manu Gavassi. O vídeo, que foi gravado no último dia 6 em São Paulo, será dividido em dois momentos, sendo que um deles terá influência direta dos quadrinhos. João Monteiro e Fernando Moraes contaram como aconteceu a parceria com Wanessa e adiantaram alguns detalhes da produção:

“A Wanessa chegou até nós com esta música e ela tinha ideias muito abrangentes e a certeza de que queria mostrar quem realmente ela é como artista. Ela deixou bem claro que buscava nessa parceria conosco a chance de ter voz. A música se chama ‘Mulher Gato’ e para a gente foi muito legal poder criar esse clipe, pois já nos banhamos muito dessas referências do cinema e dos quadrinhos. Traz toda essa imagética e tem tudo a ver com nosso trabalho, que é bem estético, pop,” explicou João.

googletag.cmd.push(function() { googletag.display(‘div-gpt-ad-1503295411004-37’); });

“O clipe se divide em duas partes, basicamente. Uma bem soturna com essas referências dos quadrinhos e de clássicos do cinema, como a própria Mulher Gato e o Batman. O outro momento é bem claro, com uma luz pop de beleza e que tem referências de artistas como Lady Gaga. É muito interessante que ela busca se renovar, mas ainda assim se vale de uma série de referências clássicas da cultura pop, desde clipes grandiosos da Madonna e Michael Jackson, até a Lady Gaga, que é mais recente,” complementou Fernando.

🐾

Uma publicação compartilhada por Wanessa Camargo (@wanessa) em 8 de Abr, 2018 às 2:55 PDT

Após trabalhar “Mulher Gato”, Wanessa pretende seguir a tendência de mercado e focar em lançamentos avulsos ao invés da produção de um álbum. Segundo ela, existe um planejamento extenso para os próximos meses, mas que será revelado aos poucos, sem maiores promessas. “Por enquanto vou lançar singles avulsos. Acho esta uma ideia inteligentíssima porque a gente joga as músicas no CD e a fanbase já enjoou de tudo em 3 meses! Haha Então, acho legal poder fazer um prato de cada vez para eles curtirem cada vez um novo sabor.”

“Eu quero falar pouco e fazer mais. Não quero falar muito das coisas que ainda não estou entregando, então vou deixar para falar quando as coisas já tiverem encaminhadas. Acho mais inteligente fazer assim. Tenho todo um planejamento em minha cabeça do que acontecerá daqui a 3 ou 6 meses, mas isso será revelado aos poucos. O que posso dizer é que estou super motivada e há muito tempo não me sinto assim com a minha carreira. Estou feliz e tenho o melhor time do mercado para mim. São pessoas que estão comigo por apenas fé no meu trabalho. Coisas boas virão, mas é um momento de ter paciência e tentar fazer o melhor que podemos.”

Fonte: Popline

Comentários
Carregando...